Pílulas do Evangelho - “Dinheiro: um tesouro divino”, para quem sabe utilizá-lo

 

Olá, meus queridos amigos, muito bom dia! Muito "bom dia"! Muito bom dia! Muito bom dia! Estamos fazendo uma série de mensagens especiais do espírito de Emmanuel.

Hoje, nós teremos mais uma mensagem importante: nós vamos falar sobre dinheiro. Muita gente não sabe, mas existe um livro lindo, publicado por Emmanuel, psicografia do amado Chico Xavier, exatamente com esse título: 'Dinheiro'. Eu vou ler essa mensagem para vocês e logo vou comentá-la. Emmanuel fala exatamente isso no livro: "O dinheiro não compra o céu, mas pode gerar a simpatia na Terra, quando utilizado nas tarefas do bem. O dinheiro não paga a boa vontade, entretanto, semeia o benefício e o contentamento de viver, se nossa alma permanece voltada para a Divina Inspiração. [...] Não tem valor para câmbio, depois da morte, contudo, é sustentáculo do progresso geral, se nosso espírito está centralizado nos objetivos de elevação. [...] Não é gerador de luz, entretanto, pode estender a fonte de ideias de consolação e de amor, em que muitas almas sequiosas de paz se dessedentam. Não é a base da harmonia, mas, em muitas ocasiões, consegue desenvolver a tranquilidade a corações paternos desalentados e a ninhos domésticos infelizes, toda vez que os nossos sentimentos se inclinam para a verdadeira solidariedade. Não nos esqueçamos de que Jesus abençoou o vintém da viúva, no tesouro público do Templo e, empregando dinheiro para o bem, convertamo-lo em colaborador do Céu em todas as situações e dificuldades da Terra". Eu amo esse livro e, naturalmente, essas reflexões também. Vocês já me conhecem pessoalmente, mas na minha vida profissional, eu trabalho com dinheiro ajudando pessoas a vencerem problemas financeiros e a se espiritualizarem também, fazendo as duas coisas ao mesmo tempo. E nas nossas pílulas é algo que sempre falamos, em um contexto da prosperidade. Sabe o que me preocupa? É a quantidade de pessoas que ainda vivem em conflito com o dinheiro, por acharem que ele é sujo, que não é de Deus. Sabe essas crenças de que dinheiro é a raiz de todos os males? Na verdade, é um tipo de crença da mente miserável, que só nos faz atrair mais miséria e isso não tem nada a ver com a evolução espiritual. Eu mesmo já ouvi críticas de pessoas da própria religião, de várias religiões na verdade, que são mais ligadas a essa questão de "nós temos de passar pela Terra, naturalmente, sem nos preocuparmos com questões financeiras" e assim por diante. Eu acho engraçado, porque essas mesmas pessoas trabalham para se sustentarem. As pessoas falam de coisas que não fazem. Elas querem uma instituição de caridade, mas, sem dinheiro, a instituição de caridade não mantém as portas abertas, não paga a conta de água, não paga a conta de luz. A pessoa não consegue comprar comida, pagar aluguel, comprar uma roupa decente, comprar um remédio, sem ter recurso financeiro. Não é verdade? Aí vem essa mensagem impoluta do espírito de Emmanuel, através da psicografia lídima de Chico Xavier, exatamente reforçando isso.

Meus amigos, o dinheiro é só energia, entende? Dinheiro é um instrumento de Deus, como qualquer outro instrumento que nós temos, para semear o bem. Nós precisamos libertar a nossa mente do apego à matéria que, definitivamente, é uma prisão e não ajuda ninguém a evoluir, mas também libertar a nossa mente do apego à ideia de satanizar o dinheiro, como se ele fosse o problema. Não! Dinheiro é só dinheiro, mas tudo depende da utilização que nós damos a ele. É isso que Emmanuel fala na mensagem. Nós temos que ajudar as pessoas e o dinheiro nos ajuda a ajudarmos as pessoas também. Quando a pessoa está, às vezes, com fome, não é bom quando nós podemos comprar uma comida para a pessoa? Ou então ajudá-la a trabalhar para que tenha dignidade em ter o próprio salário, para sustentar a sua família. Não é importante? Esse é um ponto central. Aqui em casa, eu converso com os meus filhos, com a minha esposa e nós respeitamos muito todas as formas de energia. E o dinheiro é uma forma de energia. Cuidado! Cuidado com o tipo de ideia que você tem da vida porque, às vezes, você acha que está se espiritualizando e está fortalecendo o nível de ignorância ainda maior dentro de si. E como você sabe se está se espiritualizando direito ou fortalecendo a ignorância? É simples. Olha o fruto que está ao seu redor. Jesus é muito claro: "Árvore boa não dará fruto mal", não é assim? "E árvore ruim não dará fruto bom." As pessoas que se espiritualizam, tudo aquilo que elas fazem é santificado. Vou dar um exemplo: você vira um empresário e você é espiritualizado. Deus abençoe que você faça muito dinheiro de maneira honesta, pois você vai pagar mais impostos para um governo que vai ajudar mais as pessoas, você vai gerar mais empregos, vai pagar salários justos. Quantas famílias precisam de trabalho? Se você prosperar, vai ajudar a sociedade toda. Quantos casais se desestruturam pelos problemas financeiros? De repente, por sua causa, que não tem essa frescura que muita gente tem em relação ao dinheiro, você será uma pessoa espiritualizada, digna, justa, vai crescer, vai gerar empregos e vai ajudar indiretamente famílias que nem conhece. Está entendendo? E o oposto é verdadeiro: você é um funcionário público, um funcionário privado, mas vai abençoar o seu emprego, o seu trabalho, ajudará os seus clientes, será uma pessoa correta, honesta, digna, generosa, paciente, vai honrar o salário que ganha. O dinheiro é energia e se você, naturalmente, faz o seu dinheiro chegar até si, com equilíbrio, com harmonia e com bem-estar, esse recurso renderá ainda mais, levará luz e paz para todo mundo. Infelizmente, muitos de nós passam por dificuldades financeiras porque a nossa mente está doente e atrai a miséria que nós não queremos ter. Cuidado com isso, pois é muito sério! E dessa vez quem fala não sou eu, não! É a base do espírito de Emmanuel, que tem essa fala fortalecida, e de 'O Evangelho segundo o Espiritismo'. Leiam o capítulo 15, que é a esse respeito. É muito importante nós termos prudência e bom senso para passarmos aos nossos filhos uma mensagem de equilíbrio. Nada de apego à matéria, jamais! Porque somos seres espirituais! Nada de apego também a ideias materializadas, pseudosábias que nos fazem achar que estamos nos espiritualizando quando, na verdade, estamos nos apegando ainda mais à matéria. Cuidado com isso!

Izadorah, me fala: você, quando tem seu dinheirinho, você gasta direitinho?
"É, gasto. Algumas vezes eu não gasto porque eu quero ganhar uma bebê reborn para eu brincar de mãe. Eu estava sonhando com essa bebê reborn."
Pois é, eu nem sei dessa bebê que ela está falando, deve ser uma boneca. Mas para ganhar a bebê reborn o que o papai fala para você?
Que nós temos que trabalhar e não gastar, para guardar para comprar a bebê beborn."
Isso, tem que economizar.
Eu prometo, Izadorah, que você já vai me explicar o que é bebê reborn, mas você sabe que vai ter de economizar. As crianças têm de aprender o valor do recurso para terem gratidão e crescerem, de maneira serena e tranquila, em uma relação saudável com o dinheiro. Assim como, com o sexo, com o corpo, com a comida, com tudo. Foi o que nós falamos na série dos sete pecados capitais. Beijo grande para todos vocês. Obrigado mais uma vez! Amanhã eu volto com mais mensagens especiais do Evangelho, trazendo uma mensagem linda de Huberto Rohden que vocês vão amar, um dos maiores filósofos brasileiros. Vocês vão adorar, no nosso especial de domingo. Fiquem com Deus.

E até breve! "Até muito breve!" Tchau, pessoal! "Tchau!"

Acesse este e outros áudios aqui: Pílulas do Evangelho - "Dinheiro: Um tesouro divino", para quem sabe utilizá-lo ...